Por que não devemos usar o termo labirintite?

O termo labirintite é usado popularmente para designar qualquer episódio de tontura. Neste post vou explicar porque isso não é correto. 

Labirintopatia ou vestibulopatia

O termo certo para designar doenças do labirinto é labirintopatia ou vestibulopatia. Existem as labirintopatias periféricas, que são aquelas que atingem o ouvido interno e nervo vestibular, e as labirintopatias centrais,  que atingem o sistema nervoso central (cérebro).  Existem vários tipos de labirintopatia periférica, e a labirintite é apenas uma delas e é uma das mais raras. As labirintopatias periféricas mais comuns são a VPPB (vertigem paroxística posicional benigna) e a neurite vestibular, que já foram detalhadas em posts anteriores (colocar link aki).

E o que é labirintite, afinal?🤔

Labirintite existe, mas é um quadro de  entrada de microorganismos (bactérias ou vírus) ou  toxinas produzidas por eles dentro do ouvido interno, normalmente oriundo de otite média (infecção de ouvido) , logo com dor de ouvido e febre precedendo a tontura. Causa perda da função do ouvido interno, ou seja, tanto do equilíbrio quanto da audição. É um quadro súbito de vertigem (tontura com sensação de rotação) incapacitante, de duração de dias,  com muitas náuseas e vômitos, sempre acompanhada de perda auditiva, que em geral é irreversível. Portanto, é um quadro muito grave e normalmente precisa de internação hospitalar para tratamento correto!!!😬😷

Causas de tontura

Além disso, tontura tem várias causas além das doenças do labirinto. Entre as mais comuns estão as causas metabólicas (erros alimentares, alterações de glicose e insulina, colesterol alto, triglicérides alto, distúrbios da tireóide, alterações hormonais,  anemia, entre outros), causas cervicais, causas neurológicas (como o AVC ou derrame cerebral), causas psiquiátricas, entre outros. 

Então, qual é o termo correto para usar?🧐

O correto seria dizer que a pessoa está com crise de tontura. Simples, não é?🤯 🤷🏼‍♀️

A causa da tontura será diagnosticada por um médico. Após correta avaliação, o médico (em geral otorrinolaringologista) diagnosticará a causa da tontura, se é algum tipo de labirintopatia,  distúrbio de metabolismo, causa cervical, causa emocional…

Então, já entendeu, né? Nada de sair por aí dizendo que tem labirintite sem passar por consulta médica antes!!!👩‍⚕️

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: