CINETOSE- PERGUNTAS E RESPOSTAS

Neste post, respondo as dúvidas mais comuns sobre cinetose.

Se você quiser ler um texto mais aprofundado, leia o post completo.

  1. O que é cinetose?

    Cinetose é a sensação de mal estar que sentimos quando viajamos em carros, barcos, ônibus e até avião. Pode ocorrer em qualquer indivíduo, mas é mais comum em crianças  maiores de 2 anos, mullheres, pacientes com enxaqueca e história familiar de cinetose.

  2. Quais são os sintomas de cinetose?

    Começa com desconforto físico e bocejos periódicos cerca de 30min após o início da viagem. Esses sintomas são seguidos por náusea, vômitos, palidez, sudorese, aumento da salivação, hipersensibilidade a odores, dor de cabeça,  tontura, fadiga, perda da capacidade de concentração, inabilidade de realizar tarefas e sensação de desmaio iminente. Os sintomas desaparecem espontaneamente em horas ou dias após cessados os estímulos desencadeantes.

  3. Quais as causas de cinetose?

    A cinetose é gerada por conflito entre as informações geradas nos 3 sistemas envolvidos no equilíbrio corporal, sendo eles: vestibular, visual e proprioceptivo (sistema responsável por reconhecer a localização espacial do corpo, e a posição de cada parte do corpo em relação às demais, sem utilizar a visão).
    Um exemplo clássico é a ilusão de movimento quando estamos dentro de um carro ao lado de um ônibus que acelera ao nosso lado: o sistema vestibular e o somatossensorial nos informa que estamos parados enquanto o sistema visual informa movimento de imagem.

  4. Como é feito o diagnóstico de cinetose?

    O diagnóstico da cinetose é essencialmente clínico, com base no relato dos sintomas pelo paciente. Os exames vestibulares são importantes para avaliar o estado funcional do sistema vestibular e afastar outras doenças, mas espera-se que estejam normais.

  5. Como é a prevenção da cinetose?

    Uma estratégia para a prevenção são modificações ambientais e adaptações posturais para minimizar a discrepância entre os estímulos. Em viagens de navio, por exemplo, os passageiros poderiam fixar os olhos no horizonte e em viagens de carro, sentar-se no banco da frente e fixar os olhos no horizonte aos invés de observar objetos próximos (livro ou celular). Os pacientes que têm cinetose devem ser estimulados a aprender a dirigir e assumir a direção sempre que possível.
    Os medicamentos devem ser usados antes da viagem, uma vez que sua efetividade é limitada após instalação dos sintomas. Os mais utilizados são: ondansetrona, metoclopramida, domperidona, meclizina, dimenidrinato, escopolamina.

  6. Qual é o tratamento da cinetose?

    Os medicamentos são usados quando os sintomas já estão instalados, mas com efetividade limitada. O desembarque, abrigo em águas calmas, parada do veículo ou pouso em terra firme cessa completamente os sintomas. 
    A reabilitação vestibular é o tratamento definitivo para cinetose, pois promove a adaptação vestibular por meios de exercícios que atuam no ganho do reflexo vestíbulo-ocular.

Dra Kênia Assis Chaves

Médica Otorrinolaringologista

CRMMG 52018

RQE 33072

Quer agendar uma consulta? Acesse nossa página de agendamento

Um comentário em “CINETOSE- PERGUNTAS E RESPOSTAS

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: